Biografia SNZ Biografia Sarah Sheeva Biografia Nãna Shara Biografia Zabelê
 


SNZ Discografia



SNZ [2000]

SarahNãnaZabelê [2001]

Remix Hit's [2002]

Zunzum e Pronto [2006]

Outros [...]







CONTADOR





 


Sarah Sheeva é a primogênita do sexteto dos filhos de Baby do Brasil e Pepeu Gomes.

Nasceu sob o nome de Riroca, em 10 de fevereiro de 1973. Seu nome vem da origem tupi-guarani e significada Casa do Amor, apelido este que Pepeu chamava Baby na época de namoro.

Em 1987, mudou o nome para Sarah Sheeva, inspirada na filha de Nina Hagen, Cosma Shiva Hagen. O motivo da mudança do nome foi porque as pessoas sempre erravam a pronúncia do primeiro "R", que é fraca.

Começou a compor ainda criança, quando os pais integravam o conjunto Novos Baianos. Sua primeira composição foi "Porto dos Balões" e está no disco "Caia na estrada e perigas ver" de 1976, dos Novos Baianos. Sarah tinha apenas três anos quando criou essa música.

Nos anos 80, Sarah já assinava várias autorias nas músicas de seus pais, que iniciaram carreira solo. "Barrados na Disneylândia" e "Planeta Vênus" são algumas dessas músicas de sucesso.

Sarah deu a primeira neta para seus pais em 1991, repetindo seu segundo nome: Rannah Sheeva. A escolha do nome "Rannah" deu-se pelo fato de gostar muito do nome "Ana", justifica.

Ainda em 1991, iniciou sua carreira em 1991, nos bastidores da música, como figurinista, e depois se tornou desenhista de alta costura.

Em 1994, começou a carreira de cantora, como backing vocal de Pepeu Gomes e Baby do Brasil, cantava também trios elétricos na Bahia. Sete anos depois, se juntou com as irmãs Nãna e Zabelê e participaram da gravação do disco "Um" da mamãe Baby do Brasil, nos backing vocals.

A gravadora WEA (Warner) gravou o primeiro disco do SNZ, que lançava o grupo no ano 2000. Permaneceu no grupo SNZ por cinco anos e gravou três discos com as irmãs: SNZ (2000), SarahNãnaZabelê (2001) e Remix Hits (2002). Sarah era a responsável pelo visual do grupo.

Deixou a banda definitivamente em 2003 para dedicar-se a carreira gospel. Sarah informa que sentia-se infeliz no grupo porque não podia falar sobre Deus na mídia e não podia louvar suas músicas de adoração nos shows.

Em 2005, lançou seu primeiro álbum gospel, chamado "Tudo Mudou".

Em setembro de 2007 lança seu primeiro livro, "Defraudação Emocional"6 e, no ano seguinte, em setembro de 2008, lança o segundo, chamado "Onde foi que eu errei?".

Sarah Sheeva foi a primeira de sua família a se tornar evangélica, em outubro de 1997. Dois anos depois, sua mãe, Baby do Brasil, também converteu-se, em parte devido a influência de Sarah.

Sarah Sheeva possui um ministério missionário de edificação da igreja na Palavra (desde 2003).

Um de seus trabalhos mais populares, direcionado ao público feminino, chama-se Culto das Princesas, e tem como objetivo o resgate de valores que foram perdidos na cultura atual, incentivando as mulheres a se valorizarem mais através de sua comunicação na forma de se vestir e no comportamento social.

Conheça um pouco mais sobre Sarah Sheeva nos links abaixo:

Site Oficial: www.sarahsheeva.com.br

Site Fã: www.sarahsheeva.zip.net





 

 








 




Essa página é uma homenagem ao grupo SNZ, que com muita cor, harmonia e talento cativou muitos fãs nos anos 2000. Trata-se de um ambiente de recordação, onde podemos relembrar de momentos do grupo unido e conferir as novidades sobre a carreira solo das ex-integrantes

Criação e atualização da página pelo fã João Rossi © 2008 ℗ 2015